Planeta Home

Rakuten

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Planeta na TV DC: Legends of Tomorrow – Produtor dá novos detalhes sobre a Legião do Mal e Capitão Frio

Após uma breve construção na primeira metade da segunda temporada, a Legião do Mal finalmente irá se formar em Legends of Tomorrow, reunindo alguns dos piores vilões já vistos no Arrowverso. Agora, em uma nova entrevista dada à Entertainment Weekly, o produtor executivo e co-showrunner da série, Phil Klemmer falou sobre o que devemos esperar da equipe!



Quando questionado sobre os personagens que compõem a equipe e todo o desenvolvimento deles até aqui, Klemmer disse: “É por isso que queríamos múltiplos vilões – queríamos que fosse um ninho de víboras. Queríamos dar a eles suas próprias intenções. A diversão é a possibilidade deles se apunhalando pelas costas. No décimo episódio, tudo chega a um ápice. O conflito entre os três membros primários da Legião é sobre assimetria de poder. Eobard Thawne, o velocista, é o único que é capaz de levá-los através do tempo, ele é quem trouxe as missões para eles, ele é quem os recrutou. Ele não é estúpido. Ele escolheu três pessoas por uma razão. Há uma razão para não construir mesas com três pernas: elas acabam caindo. Isso era parte integrante do seu plano. Ele não fez isso por bondade de seu coração, resgatando Merlyn e Darhk.”

O que temos no episódio 10 é os dois menores membros da equipe. Eles irão se juntar ou se enfrentarão? Como você encontra equilíbrio? Quando está lidando com um velocista, como você consegue de volta sua vantagem?” Klemmer também comentou que teremos uma grande reviravolta no episódio, onde descobriremos o maior medo do Flash-Reverso, e o modo de superar isso fará com que o trio acabe se tornando mais equilibrado.

Porém, há um quarto membro da Legião prestes a ressurgir. Trata-se do Capitão Frio, que morreu na primeira temporada. Klemmer insiste em dizer que não se trata da mesma versão do personagem: “Há uma versão de Snart que nós conhecemos na primeira temporada, e que evoluiu lá. Ele morreu tentando salvar a equipe. De um ponto de vista moral, ele iria receber a medalha das Lendas. Não faz nenhum sentido a Legião recrutar uma versão reabilitada de Snart. O que encontraremos nesta temporada não é o Snart que conhecemos e amamos.”

Além disso, Klemmer comentou sobre como esse retorno de Snart pode interferir na relação do Onda Térmica com o restante da equipe: “Para Rory, isso é interessante, porque sua lealdade transcende o bem e o mal. Ele é o parceiro de Snart. A única constante em sua vida é que eles têm um ao outro. Quando ele retorna à série, é muito interessante para Rory, porque o leva a um grande retrocesso. Rory é rápido em dizer “Eu não sou um herói, eu nunca vou mudar“, mas acho que seu arco com Amaya nesta temporada é muito pungente, especialmente no último episódio. Não é uma coisa romântica, mas há uma verdadeira sensação de A Bela e a Fera que esses dois personagens têm. Então, quando Snart volta, é realmente uma questão de “Quem é Rory? Ele realmente progrediu? Ou ele vai retornar para seus velhos hábitos?”


Fonte: Legião dos Heróis