Planeta Home

Rakuten

sábado, 20 de maio de 2017

Planeta Comenta Marvel: Demolidor #9-15 (1999)

Li Demolidor #9-15, do encadernado Daredevil: Parts of a Hole, com roteiro de David Mack desenhos de Joe Quesada, Rob Haynes e David Ross, e tecerei breves comentários sobre as edições.

Edição #9: Enquanto Matt ainda se recupera da perda de Karen, ele e Foggy começam seu novo trabalho juntos, e o primeiro cliente Lenny, é assassinado em seu escritório à mando de Wilson Fisk. A história também apresenta Maya Lopez, surda e órfã, dotada da habilidade de copiar com detalhes vários tipos de habilidades e quem tem algum tipo de relação com o Rei do Crime.

Edição #10: O Demolidor invade o edifício do Rei e pega um arquivos contendo informações valiosas que podem comprometer Fisk de uma vez por todas. Ao saber disso, Fisk diz à Maya que foi o Demolidor que matou seu pai (sendo que, na verdade, foi o próprio Rei) e o desejo de vingança toma conta da jovem.

Edição #11: Matt e Maya se apaixonam sem saberem de seus segredos – que Matt é o Demolidor, o homem que Fisk acusa ter matado o pai de Lopez, e que Maya é protegida do ei e está sendo usada por ele para matar o Homem Sem Medo. Depois de assistir fitas com gravações de lutas entre o Demolidor e o Mercenário e absorver os movimentos dos dois, Maya parte em busca de sua vingança.

Edição #12: A edição foca na batalha entre Maya e o Demolidor, e em como algumas pessoas da Cozinha do Inferno são afetadas por essa luta, em especial, mostra a importância que o vigilante tem para os moradores do bairro.

Edição #13: Wilson Fisk é indiciado e vai à tribunal. Já que Fisk conhece a identidade do Demolidor, Matt acha que é melhor ficar de fora, mas Foggy Nelson defende a vítima, porém, sem sucesso. Fisk planeja tudo aos detalhes e é inocentado. Em uma tentativa desesperada por justiça, o irmão de Lenny, Larry atira no Rei do Crime que, aparentemente morto, cai no rio e desaparece.

Edição #14: Com os arquivos que o Demolidor conseguiu do cofre do Rei do Crime, Foggy começa uma verdadeira limpeza, conseguindo condenações após condenações de pessoas envolvidas com negócios ilícitos. Mais um round entre Demolidor e Eco e o retorno do Rei do Crime.

Edição #15: A origem de Wilson Fisk, desde sua infância de sofrimentos, seu primeiro assassinato e sua sociedade com o pai de Maya. Ao descobrir que, na verdade, foi Fisk quem matou seu pai, Maya encontra com seu tutor e o cega.

Maya Lopez, a Eco, personagem criada por David Mack é surda e possui a habilidade de copiar e reproduzir movimentos com exatidão. Órfã, criada por Wilson Fisk, ela acredita que o Demolidor matou seu pai, quando ainda era uma criança. E agora, treina e parte em busca de vingança. Nesse meio tempo, Matt e Maya se apaixonam complicando ainda mais a situação.

Matt ainda está se recuperando da morte de Karen, mas como costuma acontecer, conhece e se envolve com Maya Lopez. O escritor David Mack mantém seu arco como uma continuação direta do anterior, porém, seu estilo de narrativa é bem interessante, focalizando os pensamentos e sentimentos dos personagens, tronando eles os elementos mais importantes da história. Além de trazer à tona mais um capítulo entre o sempre desgastante embate de Matt contra Fisk. Leitura recomendada.


Por Roger