Planeta Home

Rakuten

terça-feira, 13 de junho de 2017

Comentário do Planeta Marvel: Universo Marvel #5 (Editora Panini)

Leia o comentário do Planeta sobre Universo Marvel #5, formato americano, 148 páginas, lombada quadrada, R$ 18,20, lançado em março de 2017 pela Editora Panini.


Comentário:
The Uncanny Inhumans #4: Kang viaja há treze mil anos atrás quando o Rei Randac dos Inumanos ainda estava descobrindo o terrígeno, para que ele pudesse ajudar Ahura com suas recém-descobertas habilidades. Raio Negro, Medusa e os demais inumanos também chegam para tentar impedir o futuro apocalíptico que os aguarda caso Kang consiga moldar Ahura para realizar seus planos de eliminar os inumanos da história. Conclusão do arco que define o destino de Ahura e dos eventos causados pelo fim do mundo devido a saga Guerras Secretas. Leitura satisfatória.

The Uncanny Inhumans #5: Medusa e seu filho vão visitar Raio Negro na Sala Silenciosa. A rainha dos Inumanos quer mostrar os resultados da recente busca de Crystalis e sua equipe e seu desejo de união entre humanos, inumanos e até mesmo mutantes. Ahura aproveita para conhecer a boate de seu pai, mas dois incidentes podem tirar a paz e neutralidade do lugar. Uma delas, envolve o roubo do Antígeno, que é capaz de reduzir temporariamente os efeitos da Névoa Terrígena. O outro problema acontece quando o Pensador Louco e o Líder se desentendem em uma partida de pôquer. Início de um novo arco com uma boa dose de diversão e vários assuntos a serem desenvolvidos daqui pra frente. Leitura recomendada.

Venom – Space Knight #5: Cumprindo sua parte do trato, Venom parte junto com Pik Rollo para resgatar o bebê dela. Mas o plano não sai exatamente como planejado e os dois acabam sendo capturados por Mercúrio. Edição simples e direta, sem maiores consequências. Leitura razoável.

Contest of Champions #6: Logo após os eventos de Guerras Secretas, os 12 Anciões do Universo decidiram realizar um novo Torneio de Campeões. Dos 12 “guerreiros” convocados, apenas o Maestro, jogador do Grão-Mestre e o Justiceiro 2099, jogador do Colecionador chegaram ao fim. Mas, ao invés de se confrontarem para ver quem seria o vencedor, os dois criaram um plano inusitado. Edição dedicada a contar o que originou a série, com destaque para a participação do Maestro e seu plano para obter a Isosfera. Leitura satisfatória.

Guardians Team-Up #1: Assim que entram no espaço terrestre, a nave dos Guardiões da Galáxia é abatida por uma frota chitauri. Ainda bem que sua queda foi notada por Clint Barton, e os Vingadores são convocados para a batalha. Essa série foi lançada originalmente antes de Guerras Secretas, por isso, a formação dos Vingadores é a mesma que o escritor Jonathan Hickman estava escrevendo. Ação e diversão sem compromisso é a proposta dessa história, com os belos desenhos de Arthur Adams. Leitura satisfatória.

Silver Surfer #3: Shalla Bal está usando uma tecnologia proibida para remodelar a Terra à imagem de Zenn-La, com o objetivo distorcido de paz e felicidade universal. Norrin Radd se opõem ao sonho utópico de sua ex-amada e tem de enfrentar o Coisa controlado por Shalla Bal. Apesar de uma nova roupagem, essa história trouxe alguns dos elementos clássicos do Surfista Prateado como sua reflexão sobre o bem e o mal. Leitura recomendada.

Nova #5: Sam descobre que o clone de seu pai foi criado por cientistas chitauris e enviado para obter seu capacete de Nova, um dos mais poderosos entre todos os Novas. Com a chegada de guerreiros chitauris, a escola onde Sam estuda corre perigo. A trama envolvendo o desaparecimento de Jessé Alexsander continua interessante e o escritor Sean Ryan desenvolve bem como a vida do jovem Sam é afetada pela sua contraparte heróica. Leitura recomendada.


Por Roger