Planeta Home

Rakuten

domingo, 2 de julho de 2017

Planeta Nostalgia Marvel: Heróis da TV #48 (Editora Abril)

Li Heróis da TV #48 lançado em junho de 1983 pela Editora Abril, e deixarei breves comentários sobre suas histórias.


Vingadores – Algo mais que inumano (Avengers #95)
Roteiro: Roy Thomas / Desenho: Neal Adams
No meio da batalha entre os Vingadores e os Mandroides, surge Triton. Ele procurava a ajuda do Quarteto Fantástico para encontrar seu rei deposto, Raio Negro, expulso de Attilan com amnésia induzida por seu irmão tirano Maximus. Capitão América, Golias e Rick ajudam Triton, enquanto que Visão, Thor e Homem de Ferro cuidam dos Mandroides. Roy Thomas abre espaço para inserir os Inumanos, além de deixar várias subtramas preparadas. Um roteiro bem complexo, principalmente em uma época que as histórias costumavam ser mais simples.

Nick Fury – Horas de loucura, dia de morte (Nick Fury #7)
Roteiro: Archie Goodwin / Desenho: Frank Springer
Ao tentar deter um grupo de terroristas, Nick Fury é drogado e tem seis horas para se livrar da morte, em meio a um terrível desespero mental. Uma corrida alucinante contra o tempo neste thriller frenético.

Warlock – Ladrão de estrelas (Warlock #13)
Roteiro e desenhos: Jim Starlin
O jovem Barry Bauman nasceu com uma raríssima doença, privado de seus cinco sentidos. Para sobreviver, ele teve de desenvolver uma fantástica habilidade. Após a batalha com Magus, Warlock descansa e reflete sobre a existência das coisas, quando repentinamente, percebe que as estrelas estão desaparecendo. Qual a conexão entre Bauman e o sumiço das estrelas?

Warlock – Volta ao lar (Warlock #14)
Roteiro e desenhos: Jim Starlin
No espaço sideral, Warlock luta contra o Ladrão de Estrelas, tentando retornar à Terra, onde a  população em pânico, acredita que o mundo chegou a seu fim com o desaparecimento das estrelas.

Edição histórica. Na sessão de cartas foi anunciado o lançamento das revistas Homem-Aranha e Hulk para o mês de julho, confirmando que toda a família Marvel passara a pertencer à Editora Abril.


Por Roger